A produtora Tequila Works anunciou que seu jogo de estreia, Rime, não será mais vendido a um preço maior no Switch, pelo menos na versão digital.

Em março foi revelado que Rime custaria US$ 40 na versão para o Switch e US$ 30 nas versões para PC, PS4 e Xbox One. A diferença de preço rendeu reclamações do público e fez a produtora encontrar uma solução parcial: agora o jogo para Switch custará US$ 30 na versão digital, mas US$ 40 na versão em mídia física.

Ao anunciar o preço maior em março, a Grey Box, editora do jogo, comentou que estabelece o valor de acordo com os custos de desenvolvimento e de publicação em cada plataforma, mas não esclareceu exatamente o que tornou Rime mais caro na plataforma da Nintendo.

Hoje foi esclarecido que o preço maior se deve ao fato da mídia física para o Switch, os cartuchos microSD, ser mais cara que os discos do PC, PS4 e Xbox One. Desta forma, a Grey Box e Tequila Works conseguiram reduzir o preço na versão digital, mas não puderam mudar o preço na mídia física porque isso implicaria em prejuízo.

Segundo a editora, não há como vender Rime a menos de US$ 40 em mídia física no Switch, mas eles poderão adicionar mais valor ao pacote para justificar sua existência. Neste caso, quem comprar o jogo em mídia física receberá um código para baixar a trilha sonora, que será vendida por US$ 10 separadamente.

Rime é um jogo de aventura sobre um menino náufrago em uma ilha misteriosa após uma tempestade torrencial. Os jogadores devem usar sua inteligência para decifrar os desafios e segredos de um mundo amplo repleto de terreno acidentado, criaturas selvagens e ruínas ruínas de uma civilização há muito esquecida.

O jogo será lançado no dia 26 de maio para PC, PS4 e Xbox One e “pouco depois” para o Switch.

Fonte: Outerspace